Acervo Pensando os 50 anos do golpe militar

Acervo Pensando os 50 anos do golpe militar

Acervo Pensando os 50 anos do golpe militar

No primeiro semestre de 2014, o Colégio Brasileiro de Altos Estudos, da UFRJ, promoveu duas jornadas de debates e coleta de depoimentos lembrando os 50 anos do golpe militar no Brasil.

Nos dias 19 e 20 de maio, foi realizado um evento com a presença de pesquisadores e representantes de trabalhadores rurais e urbanos que atuaram naquele período, com o tema “Projetos Interrompidos: As Repercussões da Ditadura sobre a Universidade, os Trabalhadores Rurais e Urbanos e os Povos Indígenas”. As apresentações e debates abordaram as rupturas provocadas pelo regime militar nas seguintes áreas:

  1. na ciência brasileira em processo de constituição;
  2. na ascensão das reivindicações dos trabalhadores rurais;
  3. na ascensão das demandas dos trabalhadores urbanos; e
  4. na proteção de povos e populações indígenas.

Em continuidade a esse evento, em 13 de agosto de 2014, foi realizada a jornada “Trabalho memorial em favela em tempos de ditadura”, reunindo pesquisadores e moradores de favelas de diferentes épocas, engajados em projetos de reconstrução da memória, envolvendo inclusive os museus comunitários.